© 2018 por Bureau de Comunicação  e criado com Wix.com

 Sobre Pesca Artesanal, Um Olhar de Perto 

"Pesca Artesanal, um olhar de perto" foi um dos projetos premiados em Setembro de 2017, pelo Simdec 2016 de Joinville, SC.

Apresentado pelo Instituto Viva a Cidade - IVC em parceria com a Ipê Produções, e o Clube de Oratória e Liderança - COL, aprovado com a maior nota de todo o edital (9,93), trata-se da realização do mapeamento dos usos, funções e as significações simbólicas, estética e sociais do trabalho com a pesca artesanal em Joinville.
A pesquisa será realizada nas comunidades da Ilha do Morro do Amaral, comunidade pesqueira do Bairro Espinheiros e comunidade da Vigorelli.
Os modos de fazer, de se organizar e de repassar ofícios, suas manifestações musicais, festas e celebrações religiosas, seus lugares de memória, seus espaços sociais e culturais são o foco deste projeto de Pesquisa de Patrimônio Cultural Imaterial.

 

Objetivos

Além de contribuir para a Meta 19 do Plano Municipal de Cultura de Joinville, a pesquisa quer perceber os significados e representações presentificados pela memória coletiva e pelas  práticas do dia a dia. O registro de memórias, de diferentes histórias, práticas, em suas diversas versões, também são foco do projeto que, através da História Oral visa promover a busca de narrativas que revelem o modo de vida, o sentimento de pertença e o desejo de preservação destas comunidades. Identificar a religiosidade e as festas como mecanismos de unidade entre os agentes sociais da comunidade; valorizar a relação intrínseca entre o ambiente e os pescadores, como uma integração dialética; e perceber a socialização dos saberes e técnicas em torno da exploração da pesca artesanal completam o propósito da pesquisa.

Estratégia

Em parceria com a Colônia de Pescadores Z32 de Joinville e da Casa do Pescador, entidades que representam os pescadores artesanais da Vigorelli, Morro do Amaral e Espinheiros, está previsto um diagnóstico de todos os pescadores que se enquadram ao objeto da pesquisa, moradores com idades variadas e dos dois gêneros, que atuem tanto na pesca, quanto no cultivo e extração de mariscos e ostras, e na caça do caranguejo.

Prevê-se em cada Comunidade um produtor local contratado pelo projeto para que esse faça os agendamentos das visitas com os entrevistados.

Será feito um mapeamento das festividades de cada comunidade para acompanhamento nos dias da preparação da festa assim como durante as festividades.

Além de várias visitas a moradores para que se possa, a cada encontro, estreitar o relacionamento e obter-se, através do convívio a intimidade necessária para boas narrativas, serão feitos acompanhamentos em pescarias ou coletas de crustáceos para registros diversos. A proposta é comparar, nestas saídas, os saberes do oficio, que sejam comuns nas três comunidades pesquisadas e quais são exclusivas de uma ou outra comunidade.

Em todo o processo será feito amplo registro fotográfico, com câmera profissional, que possa resultar num material de excelência.

Público Alvo:

Pescadores Artesanais

Membros da Colônia de Pescadores Z32

Membros da do Casa do Pescador

Duração Dias: 270

Início: 02/05/2017

Término: 31/01/2018

Este projeto está alinhado com os ODS da ONU

√ Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial, um plano de ação global adotado durante a 70º Assembleia Geral das Nações Unidas em setembro de 2015.
√ Os ODS, a serem implementados de 2016 a 2030, surgem aproveitando o impulso gerado pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e firmam-se como uma agenda de desenvolvimento audaciosa, constituindo um conjunto integrado e indivisível de prioridades globais para o desenvolvimento sustentável.
√ Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas 169 metas demonstram a escala e a ambição desta nova Agenda universal.

Sobre o Simdec 2016

√ Dos 224 projetos inscritos no Concurso de Apoio à Cultura do Edital 001/2016 da Secult - Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville, 79 foram aprovados. 

√ O valor, referente ao orçamento de 2016, é de R$ 2,13 milhões.

√ Cada proponente poderia apresentar, no máximo, dois projetos. O IVC teve 100% deste aproveitamento conquistando, também, o projeto "Licença Poética"

√ O projeto Pesca artesanal, um olhar de perto foi contemplado com R$ 30.000,00.

√ Os membros da Comissão Julgadora de Patrimônio Cultural Imaterial foram:

- Fernanda de Freitas Dias

- Myreika Lane de Oliveira Falcão

- Tati Lourenço da Costa 

Contrapartida Social

Serão realizadas  palestras em 10 escolas da Rede Municipal, para alunos do Ensino Fundamental II, escolhidas pela própria Secretaria de Educação de Joinville. Na palestra será exposto o resultado da pesquisa como uma forma de disseminar o resultado obtido nela.

Receberão uma cópia impressa e digitalizada do Registro escrito e fotográfico as seguintes entidades:

√ Arquivo Histórico de Joinville

√ Museu do Sambaqui

√ Coordenação do Pratrimônio - Secult

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now